terça-feira, 29 de novembro de 2011

Advento

O tempo passa... corremos o ano todo e só percebemos a proximidade do Natal
quando as lojas, as ruas e os lares começam a se enfeitar com
 pinheirinhos, luzes, guirlandas, arranjos, presépios, papai-noel...
                     Neste clima de alegria e confraternização, pessoas de todas as idades, classes e raças se mobilizam a procura de presentes, enfeites, comidas, bebidas, cartões de confraternização, preparando tudo da melhor maneira possível para as festividades.
                  E não há nada de mal nisso, desde que não nos desviemos do foco do Natal, o nascimento de Jesus.
Apesar de ser um tempo, no qual nos tornamos mais acolhedores e mais solidários,
nem sempre elevamos nosso pensamento e nosso coração no real sentido do Advento.
Fica aqui um questionamento:
Qual o objetivo de toda essa preparação e qual o sentido do Advento para nós?
Temos consciência de que ao celebrarmos o Natal fazemos memória ao nascimento do Deus Encarnado, que veio morar entre nós?
Estamos fazendo do Advento um tempo de espera e preparação interior, para acolher aquele que é o real motivo de existir o Natal, Jesus Cristo?
Que presente estamos preparando para o aniversariante homenageado no Natal?
Estamos voltados para as riquezas do alto, acolhendo Jesus em nosso coração, em nossa família, na sociedade ou encontramo-nos mergulhados na beleza das luzes coloridas, na riqueza dos enfeites e no consumismo?
Percebemos a presença de Jesus no irmão que passa necessidade, no doente, no excluído e naquele para quem Jesus ainda não nasceu?
O Advento é um tempo propício à reflexão, à oração e à conversão. Preparemo-nos espiritualmente para acolher o Emanuel, o Deus-conosco, que veio a esse mundo para nos salvar e deixar uma mensagem de fé, de esperança e de amor!
Que o nosso coração seja uma manjedoura que acolha o Menino Jesus; que o nosso lar seja uma gruta, onde Maria e José encontrem abrigo e que o Brasil seja um grande presépio, onde Jesus possa ser reconhecido e acolhido como Senhor e Salvador!

“O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,18).


2 comentários:

Eunice Bueno disse...

Parabéns Rosemari
Quão orgulhosos ficamos ao abrir a uma página e encontrar tão bela mensagem, que Deus continue te dando sabedoria e discernimento para continuar evangelizando por todos os meios disponíveis.
Estamos rezando para que Deus te abençoe com este dom Divino.
Bjos.
Eunice Irene Bueno

Eunice Bueno disse...

Parabéns Rosemari
Quão felizes ficamos ao abrir uma página e para nossa alegria encontrar a sua linda mensagem. Pedimos a Deus que que a ilumine sempre, dando te sabedoria e discernimento neste teu tão belo modo de Evangelizar.
Deus te abençoe hoje e sempre.
Vc é um orgulho para todos nós.
Rezamos por ti!
Eunice Irene

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...